Grão de mostarda

Grão de Mostarda

“O Reino dos Céus é semelhante a um grão de mostarda que um homem tomou e semeou no seu campo. Embora seja a menor de todas as sementes, quando cresce é a maior das hortaliças e torna-se árvore, a tal ponto que as aves do céu se abrigam nos seus ramos” (Mateus 13, 31-32).

Grão de mostarda

 

 

 

 

 

 

Eis o grão de mostarda, a pequena semente,
entre todas que planta o audaz lavrador.
É talvez a menor, a de menos valor,
jogada pelo chão, em gesto displicente.

Todavia, se morre, na terra inclemente,
O grão se faz arbusto, ao vencer o calor
na busca do alimento nobre e salvador
que lhe dá, generosa, a seiva persistente.

E o arbusto se torna uma grande hortaliça,
onde as aves do céu vêm construir seus ninhos,
microcosmos de amor, esperança e justiça…

Este é o Reino de Deus, com seus belos caminhos
que Jesus, Redentor, nos ofertou na Missa,
Palavra, que jamais nos deixará sozinhos…

Lucimar.
Natal, 28 de março de 2014.

Anúncios

2 Respostas para “Grão de mostarda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s